Design a site like this with WordPress.com
Iniciar

Programa

26 outubro (quarta-feira) – Casa de Pernambuco

Manhã:
10h00 – Sessão de Abertura
10h15 – Conferência de Abertura (online): “Periodismo y redes sociales: una agenda de investigación para revalorizar la participación ciudadana en la era de la desinformación y el acoso en línea”, David Domingo (Universidade Livre de Bruxelas, Bélgica)
11h30 – Sessão de comunicações 1 – Ciberjornalismo e Participação
Moderação: Ricardo Morais (Universidade do Porto)

  1. Verificação cidadã: quando os não-jornalistas participam no fact-checking – Pedro Jerónimo (Universidade da Beira Interior)
  2. O uso da web para disseminar desinformação: análise sobre as lives de Jair Bolsonaro em 2020 sobre a Covid-19 – Margarete Pedro (JMC – Assessoria de Comunicação e Relações Públicas)
  3. A apropriação de formatos das redes sociais por canais jornalísticos: o caso do portal brasileiro GZH – Fábio Giacomelli (Universidade da Beira Interior/LabCom), Ricardo Morais (Universidade do Porto e LabCom)
  4. ‘Livre, leve e solto’ – Motivações e expectativas dos jovens universitários produtores de Podcast – Ana Isabel Reis (Universidade do Porto/CITCEM), Fábio Ribeiro (Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro/CECS)
  5. Ciberjornalismo de proximidade: o exercício da cidadania dentro das ferramentas de interação de notícias do Jornal “A Voz de Trás-os-Montes” – Susana Ferrador (Universidade do Porto), Fernando Zamith (Universidade do Porto), Pedro Jerónimo (Universidade da Beira Interior)
  6. Competencias adquiridas por el alumnado con discapacidad en los estudios de comunicación y periodismo digital de la Universidad del País Vasco – Terese Mendiguren, Koldo Meso, Jesús Ángel Pérez Dasilva, Simón Peña, Ainara Larrondo & María Ganzabal (Universidad del País Vasco)

Tarde:

14h30 – Sessões de comunicações 2 – Novos desafios
Moderação: Paulo Frias (Universidade do Porto)

  1. Midiatização, noticiabilidade e cobertura jornalística em segurança – Camila Hartmann e Ada da Silveira (Universidade Federal de Santa Maria, Brasil, Södertörn University, Suécia)
  2. Jornalismo na Era de Novos Ecossistemas Tecnológicos no Grupo Globo – Haline Maia (Universidade do Porto/Inesctec), Helena Lima (Universidade do Porto)
  3. Narrativas cinematográficas, humanizar histórias na web: o caso Divergente – Vanessa Rodrigues (Universidade Lusófona do Porto)
  4. “Patrocinado por uma bebida qualquer” – Quando o jornalista se “esquece” que não pode fazer publicidade – Fernando Zamith (Universidade do Porto)
  5. O debate sobre os desafios da produção automatizada de notícias – Adriana Gonçalves (Universidade da Beira Interior)
  6. O papel da RTP Arquivos no âmbito da preservação e divulgação de conteúdos audiovisuais portugueses – Carlos Canelas (Instituto Politécnico da Guarda)

16h00 – Debate “Ciberjornalismo: Cidadania e Novas Formas de Participação”:
– António Granado (Universidade Nova de Lisboa)
– Daniela Espírito Santo (Rádio Renascença)
– Luís António Santos (Universidade do Minho)
– Manuel Molinos (Jornal de Notícias)
– Filipa Silva (JornalismoPortoNet, moderação)
17h30 – Anúncio e entrega dos Prémios de Ciberjornalismo 2022
18h00 – Encerramento (ObCiber)

Advertisement